Sporting assume perdas gigantescas

Sporting assume perdas gigantescas

40
COMPARTILHE

Sporting assume perdas gigantescas. Após saber a acusação do caso Doyen – Rojo, os responsáveis leoninos pediram uma revisão das suas contas para saberem quais os danos que os 14 milhões de euros iriam causar nas suas contas.

As conclusões não foram muito simpáticas para o clube verde e branco e são motivo de preocupação para Bruno de Carvalho:

Passivo bate ativos – ‘Segundo o Relatório e Contas, o passivo corrente do Sporting (excluindo empréstimos bancários) excede os activos disponíveis em 1,7 milhões de euros’

Défice vezes oito – ‘Se à obrigação de pagar forem adicionadas a obrigações correntes do Sporting, o défice cresce oito vezes, para 13,3 milhões de euros. O Sporting não será capaz de pagar a execução através dos activos disponíveis’.

A perder 10 milhões/ano –
‘Desde 30 de setembro de 2015, as finanças deterioraram-se e o Sporting prevê que o défice total de tesouraria ascenda a 10,1 milhões de euros por ano até 30 de junho de 2016’.

Sem dinheiro em caixa – ‘A tesouraria e o crédito disponível a 20 de janeiro ascende a cerca de 9,3 milhões de euros. Este montante é insuficiente para pagar o valor sentenciado, mesmo sem considerar outras obrigações financeiras actuais’.

Comments

comments

COMPARTILHE