Início Destaque Cristiano Ronaldo admite já não conseguir uma coisa em campo

Cristiano Ronaldo admite já não conseguir uma coisa em campo

1
COMPARTILHE

Na semana em que completou 33 anos, Cristiano Ronaldo fez um balanço sobre a sua carreira e sobre a sua vida fora dos relvados, explicando a sua baixa de rendimento pelo Real Madrid na Liga Espanhola. ‘A nível pessoal é um momento fantástico, a família está a crescer e estou muito feliz com a minha vida. A nível profissional tive dois anos muito bons, em que ganhei títulos com o meu clube, com a minha Selecção Nacional; e sinto que posso manter-me ao mais alto nível durante mais alguns anos’, afirmou Ronaldo, em entrevista à revista GQ.

Com o campeonato espanhol praticamente perdido, com o Real Madrid em quarto lugar a 19 pontos do Barcelona, Cristiano Ronaldo e companhia vão concentrar-se na conquista da 13ª Liga dos Campeões da história. O melhor jogador do mundo é o melhor marcador da competição com 9 golos na primeira fase e pretende conquistar o seu quinto troféu. Deixou uma breve reflexão sobre o seu momento actual de forma e prometeu muito empenho para os próximos anos

– ‘A vida é um desafio em todos os pontos de vista e tento estar ao mais alto nível fisicamente, porque isso é muito importante na minha profissão. Tenho que estar a cem por cento e esse assunto é muito sério para mim. Para estar a esse nível é preciso fazer sacrifícios. Certas coisas que fazia aos 20 anos já não consigo fazer. É preciso encontrar um equilíbrio e são os detalhes que fazem a diferença’.

Formado no Andorinha, clube madeirense, passou pelo Nacional da Madeira antes de rumar a Lisboa para o seu grande clube, o Sporting. Saiu aos 18 anos para o Manchester United, onde aprendeu tudo com Alex Fergunson. Somou sucessos atrás de sucessos em Inglaterra e foi uma das maiores transferências da história do Real Madrid, onde está há 9 temporadas.

É um dos jogadores com mais títulos de toda a história do futebol mundial (26) e os seus números são impressionantes – 4 Ligas dos Campeões, 2 Supertaças Europeias, 4 Campeonatos do Mundo de Clubes, 1 Torneio de Toulon (Sub-20) e 1 Campeonato da Europa pela selecção portuguesa. Conquistou uma Supertaça Cândido de Oliveira pelo Sporting; 3 Ligas Inglesas, 2 Taças da Liga, 1 FA e 1 Supertaça pelo Manchester United; 2 Ligas Espanholas, 2 Taças do Rey e 2 Supertaças Espanholas pelo Real Madrid.

Já conquistou mais de 50 prémios individuais, destacando-se as 5 Bolas de Ouro da FIFA para melhor jogador do mundo. Tem mais de 147 internacionalizaçoes e 79 golos apontados pela selecção nacional e brilhou ao mais alto nível em dezenas de competições – Euro Sub-17 2002, Torneio Toulon 2003 e Jogos Olímpicos Atenas 2004 Sub-23. Participou em 3 Mundiais – Alemanha 2006, Africa do Sul 2010 e Brasil 2014, participou em 4 Europeus – Portugal 2004, Áustria/Suíça 2008, Polónia/Ucrânia 2012 e França 2016, que culminou com a vitória de Portugal.

Loading...
COMPARTILHE