Início Destaque Craque mundial obrigado a deixar de jogar por DOENÇA GRAVE

Craque mundial obrigado a deixar de jogar por DOENÇA GRAVE

38408
COMPARTILHE

Jogador tem doença muito grave e vai terminar carreira. Parece ser o fim de uma carreira que tinha tudo para ser fantástica mas deve acabar prematuramente aos 25 anos, devido a uma doença chamada Miopatia Metabólica.

Falamos do médio Mario Gotze, do Borussia Dortmund, que nas ultimas temporadas tem sofrido muito com uma doença que é incapacitante e não permite estar sempre estar sempre a 100% naquilo que mais gosta de fazer.  Formado nas escolas do Borussia, ainda esteve três temporadas no grande rival Bayern Munique, mas depois voltou à casa que bem conhecia.

Alguns adeptos não lhe perdoam ter trocado o clube do coração pela equipa bávara mas continua a ser um grande símbolo do clube de Dortmund, onde conquistou dois campeonatos (2010/11 e 2011/12) e duas Taças da Alemanha (2011/12e na época passada).

A sua passagem por Munique foi quase perfeita, com 3 campeonatos em 3 anos (2013/14, 2014/15 e 2015/16), ao que juntou duas Taças (2013/14 e 2015/16). A nível internacional conseguiu uma Supertaça Europeia e um Mundial de Clubes (2013). Venceu ainda um Europeu de Sub17, onde foi considerado o melhor jogador do torneio, e o Mundial 2014, ao serviço da seleção principal alemã.

A Miopatia é uma doença muscular que deixa os membros fracos e que provoca muitas dores, dificultando a realização de atividades físicas quotidianas, como levantar-se de uma cadeira, subir e descer escadas. É caracterizado por fraqueza muscular, intolerância ao exercício, perda auditiva, problemas com a coordenação dos movimentos, convulsões, déficit de aprendizagem, diminuição da visão, autismos, defeitos cardíacos e respiratórios, diabetes e atrofia do crescimento.

COMPARTILHE